3 de jun de 2010

Boas Energias





Por experiência própria, posso dizer que somos energia pura e temos ao nosso redor pessoas que nos fazem bem, pois, fazem conosco uma troca de uma energia digamos, boa.
Sinto isso quando estou num ambiente com algumas pessoas, batendo um papo descontraído e me sinto muito bem, sentindo as coisas fluírem, com a sensação de que horas e horas poderiam se passar e eu ficaria do mesmo jeito.

Estou falando disso porque semana passada fui a um determinado local e senti logo de cara uma vibração não tão boa vindo de uma pessoa, sinto essas coisas. Não queria sentir, parece que assim estaria mais protegida. Mas sinto. E na hora meu corpo reage.
Nesse dia especifico senti uma “moleza” no corpo e bocejei umas 599 vezes sem parar. Sério. Mas não senti na pessoa uma coisa ruim em relação a mim, apenas percebi olhares da mesma em relação a mim que não entendi. Esse dia fiquei com uma interrogação que geralmente não costumo ficar.

Mas também existem aquelas pessoas que costumo chamar de “Sugadores de Energia”. Essas pessoas as vezes estão entre nossos amigos, no nosso rol de colegas de trabalho, vizinhos, colegas de escola, faculdade, eles estão por toda parte. Ate parece que são nossos amigos, participam da nossa vida, as vezes, são pessoas prestativas até, mas no fundo, sugam a nossa energia e nos faz sentirmos mal, porque “parece” que a pessoa está sempre querendo ajudar e nós nos sentimos ingratos e confusos porque não conseguimos retribuir as gentilezas constantes desses sugadores e no fundo não conseguimos justamente porque esses seres nos fazem bem na mesma proporção que nos fazem mal. Ou menos. Com certeza menos.

Isso é um alerta para prestarmos atenção aquelas amigas ou ditas amigas que sempre que chega perto da gente parece que algo começa a nos incomodar. Temos o radar para sentir isso. Apenas precisamos educar nossos sentidos para fugir dessas pessoas e ficar perto daquelas que são otimistas e que com certeza nos trarão algo de bom. Com quem poderemos trocar nossa boa energia.

Parece bobagem, mas conheço pessoas apegadas a esse tipo de gente, que não percebe o atraso que as mesmas causam em suas vidas e vivem se perguntando o porque das coisas não darem certo.

Amigas fiquem atentas e fujam dos “sugadores de energia”, das “seca pimenteiras”. Porque que elas existem existem. Já fugi de uma. Parece que tirei um peso das costas. Tudo começou a dar muito certo na minha vida a partir de nosso afastamento.

Claro que nem tudo é responsabilidade dos “sugadores” mesmo porque ficamos perto deles se quizermos.
Temos o poder de mudar as pessoas que farão parte da nossa vida a todo momento, então essa responsabilidade de ficarmos bem está em nossas mãos. Vamos ligar nosso radar, e termos boa energia para trocarmos com quem as tem também.
É um exercício, mas que vale muito a pena. Nossa vida está aí para ser muito bem vivida e aproveitada da melhor maneira por nós.

Muita Boa Sorte. Boas Energias Sempre.

Carinhos Da Madame Infinity

4 comentários:

Debor@h disse...

Querida Madame Infinity
Já aconteceu de eu não ri com a cara de uma certa pessoa sem motivos reais, de não me sentir bem qd essa pessoa estava próxima, sentia energias negativas, mesmo que a pessoa sorria e mostrava amizade, sentia uma falsidade dela, e normalmente me afastava e não me arrependo. Gosto de pessoas que me fazem bem ao meu redor. Boas energias pra vc, Bjs enormes

Sac do Amor disse...

Madame Infinity...eu tb tenho essa "captação" de energia e estou aprendendo a cada dia a lidar com ela. Atualmente o nome que dou a isso é mediunidade e é fatoooo...que ajuda muito qdo aprendemos a lidar. Sabemos que não devemos entrar na vribração da pessoa ou local.
Te digo uma coisa...o mais fácil..é cair fora mesmo..sair de perto de que apenas quer sugar e no fim fazer prece a ele.

Bitocas, Madame Cleópatra

Hakime Goul Djounoubi disse...

Também acho que tudo é uma questão de energia, de nos sentirmos bem ou não. Eu também tenho essas sensações que descreves, de logo que alguém chega me sentir bem ou incomodado. Acho que todos temos. Mas, eu particularmente, tenho uma dificuldade enorme de me livrar dos exus. Não sei dizer não, hahaha, e é no que dá.

Este segundo texto está maravilhoso, Madame Infinity, bem mais intimista que o primeiro.

Espero sinceramente que estejas sempre bem, e livre das más energias.

Abraços cordiais.

Temperamento Inquieto disse...

Infinity

Também tenho essa "antena". E acho engraçado você dizer "não queria sentir. Parece que assim estaria mais protegida"... É justamente o contrário. Essa intuição existe para te proteger, porque por ser médium você está mais aberta a ser um "para-raios energético". Então, sabendo identificar as energias ruins pode se manter afastada delas. Ou pelo menos estar consciente da presença e poder se limpar delas depois - da forma que for, de acordo com as suas crenças -, quando for inevitável entrar em contato.

Quanto às "amigas"... tenho uma teoria engraçada, mas que é batata. Eu sempre tive cabelão, juba mesmo, e adoro. E já reparei que todas as vezes que uma mulher me fala "Ah, você deveria cortar esse cabelo, ia ficar melhor mais curto"... é bom tomar cuidado com a energia dela... rsss.

Beijos,

Deb.
http://osexoeasmulheres.blogspot.com