26 de fev de 2010

Namorado Violento

Eu amo meu namorado, mas andei prestando atenção nas suas atitudes e percebi que ele é um tanto agressivo. Quando brigamos ele sempre fica muito nervoso e fica estremamente agressivo. Um dia desses no meio de uma briga ele jogou uma toalha bem na direção do meu rosto,e sempre me diz palavras horriveis na frente dos amigos.Ele é uma boa pessoa mas isso esta me assustando. Isso pode virar coisa pior?


Olá

Esse é o tipo de situação que não desejo pra ninguém.
Tive um ex que parecia ser o homem dos sonhos, mas com o tempo percebi seu comportamento agressivo.
Fui fingindo que não era tão sério, ate que um dia ele me bateu dentro de um bar, depois me socou numa festa.
Se doeu? Doeu no coração, porque fisicamente não senti nada.
Gata se você percebeu que seu namorado tem um comportamento violento, na boa, caia fora, antes que seja tarde. Caia fora antes que você passe pelo que eu passei e sua dignidade vai pro saco.
É difícil tomar uma decisão quando se ama, mas quem ama não bate quem ama não ofende com palavrões e pontapés.
Quem ama cuida.
O mais engraçado é que depois das agressões, o cara ainda se faz de vitima,e isso confunde a cabeça da gente.
Já conhece a mãe dele? Veja como ele a trata. Normalmente esse tipinho trata a mãe como se fosse um pano de chão velho.
Se ele faz isso com a própria mãe imagina com você?
Pense bem e muita força na tomada de decisão.

Pra você que me ama.


Madame Muááá

25 de fev de 2010

Encontro às escuras


Conheci um cara pela internet e começamos a nos relacionar por email e telefone. Ele deu a idéia de nos conhecermos pessoalmente e eu topei. Ele sugeriu um hotel e eu concordei. Agora não sei se devo ou não devo ir. O que devo fazer?

A curiosidade matou um gato, ou será um peixe? Sei lá...

Curiosa internauta, 

Situação delicada, que deve ser muito bem analisada para não se arrepender depois. 

Hoje em dia, a maioria das pessoas estão se conhecendo através da internet e isso não há dúvidas, seja por qual motivo for, falta de tempo, opções, baixa auto estima, inseguranças, etc, porém deve-se tomar cuidado para não cair em uma armadilha.

Conheço pessoas que se conheceram através da internet, se casaram e estão felizes até hoje, assim como existem histórias de amedrontar qualquer um, casos em que pessoas nunca voltaram do tal encontro e por ai vai. 
Mas minha cara internauta, não estou tentando te assustar não, somente abrir seus olhos, pois a decisão final é sua.

Acho que não se deve confiar facilmente em alguém que mal conhece, não dar endereço por exemplo, muito menos convidá-lo para sua casa. Se vocês se falam por msn devem já ter trocado fotos, mas lembre-se que as pessoas colocam as melhores fotos que encontram para aparecer bem, vai ver é uma foto de 20 anos atrás quem sabe haha.
Imagine que você foi ao encontro no tal hotel e não foi com a cara do sujeito, pessoalmente é feio, cheira mal, o papo não rola, o que você vai fazer agora sem ninguém por perto para te socorrer?

Eu sugiro que marque um encontro com ele, se você quer o conhecer, em algum lugar público, uma praça, shopping center, um café. Se vocês são comprometidos e tem medo de serem vistos em público, então vá a um cinema ou local mais afastado, porém que você se sinta comfortável e segura, caso precise escapar, seja por medo ou decepção. 

Se depois do encontro, tomaram um café, o papo rolou super bem e vocês querem continuar, então vocês podem seguir para um local mais apropriado ou marcar de se encontrar outro dia quem sabe. Lembre-se o mundo não vai acabar amanhã (pelo menos eu espero que não haha).

Outro conselho, avise alguém, uma amiga de confiança quem sabe, e diga onde estará e para ficar de olho em você, seja por telefone, mensagens ou de longe observando seu sinal. 

É melhor se prevenir do que remediar. 

Boa sorte.

Beijos X
Madame X

24 de fev de 2010

Carência...



Não tenho namorado mas sempre ficou com alguns caras. Um é casado, o outro tem namorada e ai vem o problema. Um dos caras que eu conheci na net ele ficou comigo e eu na fissura,chamei ele para dormirna minha casa,porque moro sozinho.Ele só me liga de quinta feira e eu comecei a observar isso.Cheguei na conclusão de que ele só me liga nesse dia da semana porque ele trabalha na sexta perto da minha casa,entao pra ele é comodo, mas me sinto tao só que sempre acabo cedendo e chamando ele pra ficar em casa comigo.
O que eu faço? Dou um gelo nele?

Prezada Solitária,

De duas, uma.
Ou você aceita continuar nessa e aceita também que não passará disso, ou corta.
Se você tiver se apaixonando por ele e ver que tem chances de sofrer se continuar com isso, aconselho a cortar.
Temos que agir com a razão em alguns momentos de nossas vidas, no futuro você agradeceria.

Mas suponhamos que você não quer nada com nada com ele também...quer apenas alguém pra fazer um sexo casual, matar a carência...então continua!!!!
Como sempre digo, sou a favor dos PAs (pinto amigo).
Mas veja bem, PA a gente não se envolve, não se apaixona, nem nada.
É apenas amor de pic* mesmo.

Essa mania que nós, mulheres, temos de nos sentirmos usadas, é puro machismo.
Do mesmo jeito que ele te usa nas quintas feiras, você o usa nas quintas feiras também.
Até o momento em que você encontrar alguém que queira algo de verdade e dê um chutão nesse "Sr das quintas feiras".

Então é isso:
Está se apaixonando e sabe que ele não presta? Corta DJÁ!
Não está nem aí pra ele e quer continuar se satisfazendo com o corpinho dele? Quer um PA? Leva em frente.

Qualquer tipo de relacionamento deve ser eliminado a partir do momento que se torna prejudicial para uma ou ambas as partes.
Caso contrário, enjoy.

Beijos e como sempre, o prazer é todo seu ;)

Madame Lexi.

23 de fev de 2010

Cara Casado


Me sinto atraída por um homem casado!! Não sei o que fazer, se deixo me levar pelos meus instintos ou se seguro a onda. Ele já demontrou muitas vezes que me quer e acho que só depende de meu sinal verde, mas eu penso no filho de 1 ano que ele tem e na mulher dele, pois não gostaria de estar no lugar dela. Ai, o que devo fazer?

 
Vejo que esta com problemas, e dos grandes.
Já ouviu aquele ditado “Não faça com os outros o que não gostaria que fizessem com você?”
Imagine-se casada com esse cara. O que você vê?
Será que conseguiria confiar nele? Quando ele ficasse ate tarde no trabalho, será que você ia confiar total que ele esta lá?
Gatucha se ele é casado e fica com você já é indicio de que o cara não vale nem o que come. Ele dorme, transa, divide uma casa com a esposa, e depois vai lá, e fica com você.
A experiência mostra que um cara casado dificilmente larga a esposa para viver com a amante, e se isso realmente acontecer, você vai ser feliz e confiar nele?
Certeza que não, eu pelo menos não confiaria.
Pense que tem uma criança na jogada e te garanto que um filho sem pai sofre muito.
La vem eu com a minha experiência de vida, mas é verdade, a criança sofre horrores.
Tem tantos homens no mundo, milhões deles, e você foi se enroscar com a pior raça deles, os casados que traem as esposas?
Lindona, chame as amigas para sair, ir num barzinho,shopping, viajar,assim você conhecera pessoas novas e tenho certeza que la vai ter o amor da sua vida esperando que você o ache.


Pra você que me ama

Madame Muááá


22 de fev de 2010

Se beber evite...


Queria saber o que é melhor evitar quando se bebe demais. Assim não passo vexame da próxima vez!

Se beber não dirija!

Beber demais é bom na hora, a gente nem sente, mas depois junto com a ressaca vem as dores de cabeça, os vomitos, os arrependimentos, as dúvidas, a falta de memória e assim vai.

Assim como tudo na vida, não devemos exagerar, ainda mais quando o assunto é bebida.

É verdade que muitas vezes bebemos e ganhamos coragem para fazer coisas que queríamos fazer mas não tinhamos coragem. Assim como também, você pode beber e ficar uma pessoa violenta, chorona, chata, briguenta etc.

Deixo uma pequena lista do que devemos evitar quando bebemos demais - 


Não dirija - é para isso que existem táxis e amigos caretas que não bebem e sabem dirigir haha


Não fale ou faça coisas que no dia seguinte você se arrependerá ou se estivesse sóbrio nunca jamais faria de jeito nenhum.

Não dê confiança à estranhos.

Esteja sempre acompanhado(a) de bons amigos, a companhia é fundamental.

Se estiver triste evite beber, pois na maioria das vezes, acabamos virando bebê chorão e dando o maior trabalho aos amigos que se tornam babás de plantão

A lista não acaba aqui. Existem mil coisas que não deveríamos  fazer quando bebemos muito, mas acho que se você é grandinho(a) o suficiente para sair e encher a cara, tomar aquele porre da sua vida sem ser porque você ganhou na mega sena acumulada sozinho ou porque vai casar com quem você sonhou a vida interia e não se contenta de emoção, tente não abusar. 

Beba sim, mas com moderação. Falou a voz da consciência que justamente hoje está passando por uma ressaca haha.

Como diz o ditado que c* de bêbado não tem dono, cuidado na hora de beber! 


Ironia do destino ou pura coincidência?

Beijos X

 
 

20 de fev de 2010

As pessoas mudam?


Eu e meu namorado mantivemos uma relação à distância por algum tempo e tudo chegou em um ponto que não dava mais para continuar assim. Eu larguei tudo para estar com ele e só me decepcionei. Temos muitas mágoas um do outro e agora que seria a vez dele vir ficar comigo, terminamos. Eu me sinto mais tranquila agora e por incrível que pareça, mais completa e feliz, ao mesmo tempo que perder ele é como perder uma parte de mim. Sinto sua falta e ainda acho que podíamos ser felizes juntos, se as coisas fossem diferentes, mas não são. E apesar de tudo, sinto um carinho imenso por ele que não sei explicar. Ajuda!!!!


Querida amiga decepcionada,

Se você mesma diz que só podem ser felizes se as coisas fossem diferentes, desculpe a sinceridade, mas seu relacionamento está fadado ao fracasso.
Explico: ninguém muda. Homem ainda? Não muda meeeesmo! Pode ser que uma conversa entre vocês consiga fazer com que ele mude...por algum tempo. Pois depois, tudo volta ao normal.
Eu acho que para dar certo um relacionamento as pessoas têm que se aceitar da maneira que são.
Não podemos esperar que alguém mude por nossa causa.

Claro que você sente carinho por ele, mas será que não chegou a hora de avaliar esse carinho e ver se não é um carinho entre amigos?
Veja bem, como namorados vocês não se deram bem...que tal então tentar ser amigos?

A vida é cheia disso, querida amiga.
As coisas não são como queremos e nem na hora em que queremos.
As pessoas não são como gostaríamos que fossem e temos que aceitar isso.

Compreendo quando diz que sente falta dele, e te digo que isso é um sentimento normal.
A gente acostuma com as pessoas ao redor, é triste, mas existe comodidade e o medo do novo.

Leia o que você nos escreveu...pare e pense.
Será que você precisa que alguém MUDE por você?
Será que você não tem capacidade de encontrar alguém que combine contigo e que as diferenças sejam mínimas?
Será que não pode haver flexibilidade?
Você mesma afirma que está mais tranquila sem ele.

Relacionamento é algo bom, que nos traz felicidade.
A partir do momento em que um namoro se torna um peso, é porque algo está errado.

Vá atrás da sua felicidade e deixe-o livre para fazer o mesmo.
A gente nunca sabe, vai que um dia vocês voltem a se encontrar e decidam, mais maduros, voltar?

Pra finalizar, te digo apenas uma coisa:
Não crie expectativas em ninguém, não MUDE por ninguém pois você sempre irá esperar um reconhecimento ou algo em troca e, na maioria das vezes, não receberá em troca aquilo que esperava ou aquilo que julvaga merecedora.
Conserve-se autentica.

Pense bem.

Beijos.

Madame Lexi.

19 de fev de 2010

Traição e Arrependimento



Amo meu namorado e estamos juntos há mais de 3 anos, porém acabei traindo ele com outro rapaz que me sentia atraída e agora me sinto muito mal e arrependida. O que devo fazer? Será que devo contar a verdade ao meu namorado?



Olá gatissima!
Na boa, se voce amasse seu namorado de verdade voce não iria se expor ao ponto de ficar com outro cara.
Se sentir atraida, achar o cara bonito é normal, agora voce começar a se envolver, se expor, mostrar ao cara que se ele investir voce topa ficar com ele, aí é um problema que voce criou.
Quando voce conhece alguem e da liberdade voce contribui para que a traição aconteça.
E nem me venha com esse papo de que a carne é fraca porque isso é desculpa para fazer coisinhas erradas.
Nesse primeiro momento eu acho que voce nao deve amar tanto assim seu namorado.
Começa a pensar no motivo que te levou a trai-lo, o que contribuiu para que voce quisesse outro cara, e carregue sua parcela de culpa.
Se voce acha que vale a pena insistir nesse relacionamento, o melhor é contar toda a verdade (até porque um dia ele irá ficar sabendo) e torça para que ele te perdoe.
Falo isso tudo por experiencia propria. Em tanto tempo que tenho de relacionamento, nunca o trai e nem quero.

Gata pense com carinho e boa sorte!
E ve se toma juizo...
To aqui torcendo!

Pra voce que me ama



 Madame Muááá

18 de fev de 2010

Amor à primeira vista


Amor à primeira vista existe?

Se dizem por aí que o amor é cego...

Se existe eu não sei, mas não se pode acreditar em tudo que se escuta por aí. 


Dizem que o amor é cego e depois dizem que foi amor á primeira vista. Vai entender...


Eu só sei que nunca me apaixonei por ninguém a primeira vista, muito pelo contrário, preciso de muitas "vistas" para me apaixonar. Normalmente mudo de opinião depois que estou apaixonada, o meu amor com certeza é cegueta haha, não vê bem o coitado, nem com óculos ajuda muito hahah. 

Até quem achava feio, depois de estar no estado "apaixonada" acho lindo! Bom, nem sempre. As vezes também é o contrário. Meu amor além de cego é besta também!


Ahh mas pensando bem, existe sim um tipo de amor à primeira vista, o amor de mãe. Acho que você ama seu bebê antes mesmo de vê-lo e quando o vê pela primeira vez, o amor é incondicional e total de cara! 


Essa teoria também serve para outros membros da família mais sentimentais, como titias corujas por exemplo. Ainda não sou mãe, mas digo que amei minha sobrinha da primeira batida de olhos que dei nela no hospital. Coitada toda inchada e sujinha e mesmo assim a coisa mais linda e perfeita do mundo. 

É o amor....  

Beijos X


17 de fev de 2010

Virtual x Real



Trair em pensamento ou mandar emails e msns "calientes" também é traição?


Querida,

Eu, na minha humilde opinião, não acredito que exista traição virtual.
A não seeeer quando, por causa da pessoa virtual, você perca a vontade de estar com seu namorado, de toca-lo e de ter relações com ele.

Muitas vezes esses relacionamentos virtuais são tão idealizados por nós que tornam-se perfeitos.
Imaginamos o reles mortal do outro lado do monitor o próprio principe encantado, um homem perfeito, "ó-meu-Deus-quão-sortuda-eu-soooou"!!!!

Que tal usar essa troca excitante de mensagens como combustível para o seu relacionamento real?

Se eu posso manter um relacionamento gostosinho pela internet sem que isso afete meu relacionamento real, mãos à obra (literalmente!), caso contrário, meu bem, evite, né?

Mas aqui entre nós...qual a graça de namorinho virtual? sexozinho virtual?
Cade o corpo no corpo, língua na língua, respirações ofegantes?
No meu tempo as coisas eram tãããããão diferentes...que dó das próximas gerações.
Inseminação VIRTUAL!
Ok, ok. Gosto é gosto.
E é essa minha opinião, não deixe o virtual atrapalhar o real, fora isso, é tudo liberado!!!

Enjoy e o prazer será todo seu!

Madame Lexi.


15 de fev de 2010

Mudança radical


No tempo de faculdade, conheci um rapaz e nos apaixonamos. Eu tinha namorado e nunca levei o assunto mais á sério. Ele me tratava super bem, o homem ideal. Um dia ele me levou para um lugar mais calmo e tentou me beijar, eu não o beijei. Depois de um tempo, ele mudou da água para o vinho e começou a me tratar mal. Sofri muito pois gostava dele, mas acabamos nos afastando. Hoje penso no que poderia ter sido se tivesse dado uma chance a nós dois. 

Se arrependimento matasse ...
 
Cara amada, 

Só para deixar registrado, homem ideal não existe! Para os homens de plantão que passam por aqui, mulher ideal também não!!!

A idéia de que ele era o homem perfeito foi porque você nunca o teve realmente, porque se tivessem ficado juntos teria percebido com o tempo seus defeitos. 

Relacionamento não é mole não, para ninguém. Mas com o tempo descobrimos defeitos E também as qualidades do parceiro. Mas eu estou fugindo do ponto agora.

Se ele te tratava super bem e eram tão bons amigos e quando você rejeitou seu beijo ele mudou radicalmente, talvez não se importasse tanto com você e vendo que não iria conseguir o que queria, decidiu chutar o pau da barraca.

Por outro lado, pode ser que ele tenha se magoado vendo que seu amor não era correspondido, ou se até era, mas por motivos maiores - outro na parada, não poderiam ficar juntos, quis se afastar de você para não sofrer mais e como homem é um bicho meio complicado e não sabe muito bem expressar seus sentimentos, (nem todos é claro) pulou fora e te deixou na mão.  

Se arrepender de algo que não fizemos é normal, por isso que eu sempre faço minhas cagadas e assim, não fico na dúvida haha. 

Você fez o que achou certo fazer no momento, não trair seu namorado e por isso não quebre a cabeça hoje pensando no que poderia ou não ter sido se... Os ses da vida é um caso sério e devem ser deixados de lado. Esqueça, já passou. Apenas guarde a lembrança com carinho e siga sua vida. 
E da próxima vez que tiver vontade de fazer algo, faça! Sem pensar duas vezes! Tente, experimente a vida e não se arrependa do que deixou de fazer. 

Se tiver que se arrepender, que seja de algo que você fez, e fez bem feito, no pior dos casos, você saberá se valeu a pena ou não. Pelo menos tirou a dúvida!! Porque a dúvida na minha opinião, é pior que o arrependimento. 

O passado que fique no lugar dele - no passado!

Viva o hoje!

Beijos X


13 de fev de 2010

Segunda Chance!!!



Para mim o sexo é fundamental! Se na primeira transa não haver química e eu não gostar, não darei nem sequer uma segunda chance ao infeliz. Será que estou sendo radical demais e devo dar uma segunda chance as pessoas?

Darling,

Que sexo é muitíssimo importante numa relação, concordo 100%.
Mas não acho que se na primeira vez não rolou, tem que cortar.
Já aconteceu comigo de aquela transa morna se tornar a melhor transa da minha vida após algumas tentativas.
Acho que as pessoas são flexíveis e que com o tempo temos liberdade para dizer ao outro do que gostamos e como gostamos.
Assim, nos ajustamos e tudo tende a melhorar.
Bendito seja o diálogo!

Tudo depende do seu interesse no bofe.
Se é aquele bonitão lindíssimo, a gente até abre uma exceção e tenta indicar a ele o caminho da felicidade.
-Hommmeeennnsss que me lê, POR FAVVVOOORRR, tomem conhecimento do nosso idolatrado amigo CLITÓRIS.
Caiam de boca nele! Vale tudo...sugue, massageie, brinque...tudo, claro, com carinho!
Explorem o corpo da sua mulher.
Seios, costas, coxa, bumbum.
Mulher não gosta que você simplesmente enfie seu DITO CUJO e pronto.-
Caso o infeliz não seja nada além de um PA (Pinto Amigo), amiga, descarte-o e vá para o próximo da fila.
Depende da sua pegada...se está no "pega e não se apega", nem perca tempo ensinando o padre a rezar a missa.

Vamos combinar, a transa nada mais é do que o famoso "tira e põe", o que rola além disso são detalhes e é o que faz a diferença.
Esses detalhes vão sendo aperfeiçoados e o casal acaba entrando em sintonia...aí, meu bem, ninguém segura o prazer.
Além do "tira e põe" a gente resolve "deixar ficar"...e como diz na música: guerreiros com guerreiros fazem zig zig zaaaaaaahhhhhhhh!!!!

Recado dado e o prazer foi (e será) todo seu!

Beijos,

Madame Lexi.

12 de fev de 2010

Fetiche Louco


Vou contar um segredo! Tenho uma fantasia sexual que meu namorado se vista de mulher para mim e que transemos assim, mas ele nunca topa, se recusa a se vestir de mulher e a única fez que fez, mal se vestiu e tirou. O que será esse meu fetiche?



Madame Muááá responde:


Olá!
Bem, sempre achei que entre quatro paredes vale tudo.
Mas se o meu namorado quisesse se vestir de mulher eu ia ficar louca da vida, porque é uma coisa diferente.
Nos mulheres já achamos que ele esta tendo atitudes homossexuais, certo?
Mas o seu caso é que você quer que ele se vista assim.
Fetiche é uma coisa que todos têm, e podem ir dos mais normais ate os mais esquisitos.
Olha gato, se ele não topa esse tipo de coisa, tente conversar sobre, diga que entre vocês não precisa de pudores.
Se ainda assim não rolar, acho melhor respeitar os limites do seu love.
Gata se rolar de ele se vestir de mulher e isso não afetar a relação de vocês, ótimo! Isso faz parte do processo de erotização de vocês, e segundo minhas pesquisas, não há a necessidade de ajuda de um profissional.
Se com o tempo perceber que isso não esta fazendo bem para ele ou para você, gerando na seqüência arrependimento, sentimento de culpa ou mal estar, corra para um psicólogo!
Pode ate virar doença se avançar para uma parafilia, ou seja, quando a pessoa que só chega ao orgasmo após prazer intenso desencadeado sempre por uma situação (seguido de mal estar).

Espero ter ajudado mocinha.
Precisando, to aqui! 

Pra voce que me ama!



11 de fev de 2010

Nem aí


Meu namorado não liga para mim! Eu posso sair com as amigas e amigos à vontade que ele nem liga. Eu tenho um amigo que vive querendo me beijar, apesar de ser noivo e somos grandes amigos há anos, mas eu nunca dei mole. 

Conheci outro dia um homem bem interessante, ai troquei telefone com ele, mas como sempre não rolou nada. No domingo, um ex tarado meu ficou dando o maior mole para mim. Ele cisma comigo, apesar de eu não gostar mais dele, mas ele diz que nossa história não acabou, coitado.

Eu contei tudo isso para meu namorado, para ver a reação dele e ele ficou doidinho da silva. Não grita nem briga comigo, mas diz que sou louca e que não devo fazer essas coisas e que agora vai ter que ficar na minha cola. Ele me deixa muito sozinha e as vezes penso em ter outro porque não me sinto de fato amada. Não é fácil estar com alguém que não liga para a gente, e que ao mesmo tempo diz nos amar... Ele é um homem bom, gosta de mim e eu tenho certeza que ele não me trai também, mas minha história é um belo dilema.

Querida solitária 

Infelizmente, esse é um dilema muito comum hoje em dia - a falta de atenção. Eu que o diga. 


Através de suas palavras senti muita solidão. Mesmo você estando com seu namorado, sente que suas necessidades não são muito bem atentidas. A necessidade da atenção, da presença dele ao seu lado com mais frequência e de carinho. 


Cada pessoa tem sua personalidade e posso ver que você gosta de seu namorado e tenho a certeza que ele também a ama, porém vocês ainda não encontraram um equilíbrio que possa satisfazer ambas as partes na relação, sem ter que mudar ninguém, pois já digo de ante mão - ninguém muda ninguém! Nem queira tentar querida, é pura perda de tempo, vai por mim!


Acredito sempre no diálogo aberto e sincero, diga o que te incomoda nele com jeitinho e tentem encontrar o ponto de base para uma relação estável e satisfatória, pois senão, se deixamos o tempo passar nos sentindo mal amados, a coisa só tem a piorar, a crescer e quando menos esperamos, o saco explode e aí é sair correndo para não se machucar, o que é impossível é claro! Alguém sempre sai ferido.


Quando não estamos satisfeitos em alguma coisa, é natural do ser humano buscar o que lhe falta em outros lugares, no seu caso, em outras pessoas. Acho que você acaba sem querer, atraindo as pessoas para se sentir desejada, saber que poderia ter outros se você quisesse, mas no fundo sabe que não trairia seu namorado porque também o ama. 

Por outro lado, a falta de ciúmes de seu namorado pode ser um bom sinal. Pode ser que ele tenha tanta segurança de seu amor e da relação de vocês que não tem porque se preocupar com essas coisas, mas como toda mulher, você acaba se sentindo rejeitada e mal amada.


Somente o ato de você contar o que aconteceu para ele, demonstra sua necessidade de carinho, de que ele sinta ciúmes de você, que demonstre que você é dele, só dele e você busca atenção DELE e não de outro homem, porque estamos acostumados que ciúmes também é uma demonstração de afeto e se ele não sente ciúmes por você, acaba achando que ele não te ama. 


No fundo, a gente nunca está satisfeito com o que tem. Se ele não tem ciúmes, não liga para mim. Se ele pega no nosso pé o tempo todo é um carrapato e não queremos nem de longe. 

Na minha opinião o diálogo deve servir para ele saber o que é que te incomoda nele e se conversar não servir, continue saindo com suas amigas e amigos, se vista bela e linda quando vocês sairem juntos para atrair olhares e ver a reação dele de frente e se mesmo assim não funcionar, então ou você o aceita como ele é, e tenta satisfazer essa sua necessidade de outra forma ou então terá qeu buscar alguém que preencha seus requisitos e que te satisfaça,  mas saiba que não existe ninguém perfeito nesse mundo, ams lutar por nossa felicidade é mais que um direito, é um dever!


Seja muito feliz linda!

Beijos X

Madame X

10 de fev de 2010

Madame Lexi.

Eu sou a Madame Lexi, e o prazer é todo seu!!!
Estou aqui sempre com MUITO PRAZER para ajudar você, simples mortal, a resolver seus problemas do coração e muitas vezes, de outras partes do corpo também.
Recebi esse convite e sem pensar duas vezes, aceitei.

Me comprometo a aconselhar sempre com muita sinceridade, humor e uma pitada de erotismo.
Irão ver que apesar de meus muitos problemas sentimentais, sou quase uma DOUTORA quando tenho que aconselhar.
Sei sempre o que fazer, que rumo tomar, mas não o faço, para que facilitar a minha vidinha se posso sempre dificultar?

Mulheres, homens sempre pensam com a cabecinha de baixo, homens sempre mentem, homens não são confiáveis...mas fazer o que se não vivemos sem eles? Vamos aprender a entendê-los.

Homens, mulheres são confusas, falam "não" querendo dizer "sim", nunca sabem se transam ou não no primeiro encontro, tem TPM...mas sabemos que sem nós, vocês não são ninguém. Portanto, aprendam e aproveitem!!!

Estou aqui para compartilhar minhas experiencias, trocar idéias, fantasias e também para aprender com vocês!

É com muitíssimo orgulho que lhes apresento o SAC DO AMOR.
É com muitíssimo orgulho que lhes dou a devida liberdade para questionar-me sobre assuntos tabus.

Eu sou a Madame Lexi, e o prazer é tooooodo seu!

9 de fev de 2010

Madame Muááá


Tudo que é novo gera certa empolgação, e é bem assim que estou.

Olá, sou a Madame Muááá!


Serei sua companheira, ombro amigo, conselheira ou uma boa colega.
Adoro conversar, e principalmente aconselhar as pessoas que me pedem.
Já ouviu aquela frase “Faça o que eu digo, mas não faça o que faço?”.
Então, você pode estar pensando que é muito mais fácil falar do que fazer não é?
E é mesmo!
Muita gente sabe exatamente o que deve fazer, mas não faz.
Por quê?
Porque não é fácil, muitas vezes contamos nossos problemas a várias pessoas esperando chegar a uma conclusão, e sair do campo ‘duvida’ e chegar ao campo ‘conclusão’.

Quem eu sou afinal?

Uma mulher de 20 e poucos anos, que deseja ser feliz, acima de tudo.
Sempre procuro usar o senso de humor com as pessoas que gosto. Sou muito palhaça.
Mas, se você me julgar por uma brincadeira ou pelo meu humor, pode apostar que com você não brinco mais.
Sou totalmente apaixonada, com mil planos na cabeça.
Já passei desde problemas pequenos a problemas que pareciam nunca serem solucionados, mas consegui achar uma luz no fim do túnel.
Adoro meu trabalho, e odeio quando algo nele não da certo.
Sou estressadinha pacaraio (não me orgulho disso).
Ai é difícil me descrever, resumindo, sou uma pessoa normal que talvez possa fazer você passar horas agradáveis lendo meus conselhos.
Esse blog é seu. Você pode mandar suas duvidas amorosas, uma pergunta, qualquer coisa, que eu e as madames vamos te aconselhar.
Já digo logo, meu conselho é sincero, direto, rápido, e com uma pitada de bom humor.

Sejam muito bem vindos ao Sac do Amor.

8 de fev de 2010

Primeiras palavras


É com muita honra e muito orgulho que venho hoje aqui estreiar o nosso querido Sac do Amor!

Para explicar um pouquinho de como e porque esse blog nasceu, farei um breve resumo.

Era uma vez uma menina que adorava desabafar. Um dia veio o lobo mal e jogou um balde de água fria nela, que sem saber o que fazer, teve uma ótima idéia. Este blog!!!! É por isso que digo e repito, tudo na vida tem um porque e até nas piores situações, existe o lado positivo, basta estar atento e deixá-lo entrar em nosso caminho.

Um pouco sobre mim -  
Madame X

Já tentei ser diferente, mas não posso ser o que não sou. Sou o que sou, impulsiva, indecisa, complicada, engraçada, honesta, as vezes tímida, as vezes provocativa, romântica, quase nunca choro, aparento ser mais forte do que realmente devo ser, me entrego de alma e corpo, mas se me sinto enganada ou se a sinceridade é quebrada, ahhhhh não respondo por mim. 

Adoro rir, conversar e dar conselhos (a gente sempre sabe o que é bom para os outros, mas nunca o que é bom para a gente), faço sempre o que tenho vontade, sou mandona, briguenta, criativa, sonhadora, muito curiosa, adoro carinho, atenção, beijos de tirar o fôlego, sexo com amor ou sem, delicado ou animal. 

Já fiz muitas loucuras por amor e acho que continuarei fazendo até encontrar o que busco, até me completar. Gosto das coisas da minha maneira, sou preguiçosa, perfeccionista, (quase sempre) fiel e muito atrapalhada. 

Posso ser um anjo e posso ser um demônio, posso ser certa, posso ser errada, posso ser puritana, posso ser promíscua, posso ser uma santa, posso ser uma bruxa, tudo depende do ponto de vista e com que pé levantei da cama.

Tenha certeza que responderei suas perguntas da melhor maneira possível, da única maneira que sei, da MINHA maneira - direta, sincera, discreta e atenciosa, buscando sempre o melhor da situação, pois como disse antes, para tudo tem um porque e sempre haverá uma luz no fim do túnel e se você não consegue enxergar essa luz, eu faço questão de mostrá-la à você!

Um pouco sobre o blog - 
Sac do Amor

Liderado por 3 madames sensacionais, o Sac do Amor é um espaço aberto para reclamações sentimentais e amorosas, dúvidas de relacionamentos, perguntas que até agora estavam sem respostas, agora você as encontrará aqui! 

É só escrever para cá que a gente responde. Tudo muito discreto e liberal, então manda ver.... Não tenha vergonha, nem dó, nem piedade, vai fundo que a gente vai mais.

Cada dia da semana, uma das madames postará aqui uma dúvida e sua opinião e conselho sobre o que fazer (ou não) a respeito, com a intenção de clarear a mente e ajudar, mas quem decide no final é você. O poder está sempre em suas mãos, nós só estamos aqui para ajudar.

Bom, por hoje é só pessoal. Vou ficando por aqui que como sempre, já falei demais! 

E lembrem-se, estarei sempre aqui nas Segundas & Quintas à espera da visita de vocês.
Nos vemos na quinta!

Beijos  X
 
Madame X