6 de abr de 2010

Quem Paga a Conta?


"Vou sair a primeira vez com um cara, vamos a um restaurante. 
Sempre fico encanada com esse lance de dividir ou não a conta. 
Como eu posso fazer? Me ofereço ou espero ele?"

Gata

Eu entendo sua preocupação porque eu ja me senti assim. Na hora de pegar um táxi, no barzinho, restaurante e em outros lugares quando conhecia algum cara. Realmente rola uma insegurança em relação a isso.
No meu caso era a vergonha de esperar ele fazer a minha e ele não pagar, sabe aquela coisa chata?? 
Ficava reciosa de ficar um climão.
Mas será que rachar a conta no primeiro encontro é o fim do mundo?

Eu não me importo de, mesmo sendo convidada, a dividir a conta de qualquer lugar que seja.
O que acho estranho é dividir no primeiro encontro.

O primeiro encontro é aquele lance de "a primeira impressão é a que fica". Nesse primeiro momento voce ja consegue sentir como o cara age em determinadas situações.
Se ele não se da ao trabalho de pagar a conta e fazer uma média com voce, imagina depois e depois e depois...
Ele esta passando que imagem para voce?? De um futuro marido mão de vaca?
Para mim seria.

Toda mulher por mais independente e bem sucedida que seja, gosta de ser cortejada. E em um primeiro encontro, ter que dividir a conta é no mínimo brochante. Sem contar que no primeiro encontro rola todo um jogo de sedução, aquele clima todo...E a mulher ter que pagar a conta 'de cara' no primeiro encontro, é pra quebrar com qualquer clima.
Custa ser elegante???
Eu adoro ser paparicada e acredito que voce tambem.


Quando chegar a conta fique na sua e veja a atitude dele.

"Nossa que conta cara, deu R$200,00?" 
Pelo amor, esse cara é um sem noção total, caia fora antes que seja tarde rsrs.

Espero que ele pegue a conta e de uma forma descontraida, pague e te leve para um motel maravilhoso, sem stress.
Não existe regra, mas pra mim, o home tem que pagar a conta no primeiro encontro, pronto, falei!!!

Boa sorte no seu jantarzinho.


Pra voce que me ama.




 
Madame Muááá

5 comentários:

Madame disse...

O homem tem que ser cavalheiro e pagar a conta sim.
Depoooois não custa ajudar a rachar a conta okey???

bjk

Debor@h disse...

Gostei do post. Concordo com a Madame Muááá que ao menos no primeiro encontro ele pague a conta e seje cavalheiro. Eu já sai com um cara que me convidou, era meu aniversário, e mesmo assim eu tive que pagar metade , nunca mais o vi! hahah Mas eu sempre me ofereço para pagar por educação e para ver a atitude do outro, pois espero que pague já que foi um convite!
Bjs

Denise Portes disse...

Gostei muito de conhecer seu blog, já te sigo.
A conta é sempre delicada, melhor ele pagar rsrs
Beijos
Denise

Tatinha disse...

Olha, na minha atual conjuntura... sem chance de ter encontro se tiver que desembolsar cinquenta centavos. heheheh Se virar a mulher não cai uma moeda de 0,10 centavos! heheheh Não é à toa que meu nome é feia e POBRE! :)
Bem, já não ia ter encontro mesmo por eu já ser Feia, imagina Pobre! hahahehhaheh

Michele Mitsue disse...

Veja bem, exigimos independência, igualmente entre os homens e por que na hora de rachar a conta, queremos pular fora? Conforme comentado no post, adoramos ser cortejadas, e como nós mulheres, os homens não gostam de fêmea folgada. Conversando com alguns amigos, eles disseram que apreciam a iniciativa da mulher em querer dividir os gastos. Aliás, isso ganha a admiração dos caras e logicamente não vão permitir que você contribua com a conta.
Penso que tudo depende da atitude do outro. Se o cara já chega sugerindo que a conta seja dividida, encararei como uma grosseria, e má nem morta saio com ele novamente.
É claro, td depende da situation...