24 de set de 2010

E-mail especial...

Olá queridos leitores. Certa vez recebi um e-mail que gostei muito e gostaria de compartilhar com vocês. Quem escreveu foi Danuza Leão, assim cita o e-mail....
Isso já tem algum tempo e o guardo com muito carinho. Vejam e compartilhe se gostaram ou não.






Rebeldia, ainda que tardia...



Eu tenho um amigo muito legal. É casado, tem uma filhinha de três anos, não fuma, não bebe e não se droga; como é jornalista, começa a trabalhar às 2h da tarde e só chega em casa depois das 11h.
Outro dia liguei para ele às 11h30 da noite, claro e ouvi a risada de uma criança. Perguntei se era a filha que estava acordada, e ele respondeu com a maior naturalidade que sim. Espantada, perguntei se não era um pouco tarde, e ele disse, com a mesmíssima naturalidade, que ela dorme todos os dias entre a 1h e a 1h30
da manhã. Mas acorda a que horas? Ao meio-dia; como o colégio começa à 1h30 da tarde, é o tempo de tomar banho, se vestir, comer e ir.
Meu lado careta ficou chocado, claro, mas ele engatou uma segunda e explicou que esse horário, para eles, é ideal; se não fosse assim,ele mal veria a filha.
Lembrei que meus filhos iam para a cama às oito da noite e acordavam às sete. E fiquei pensando: na verdade, quem estipulou que criança tem de dormir cedo e acordar cedo? Quem inventou que se almoça à 1h da tarde e se janta às 8h30? Quem decidiu que legumes fazem mais bem à saúde do que chocolate e que uma fatia de rosbife com uma folha de alface e tomate, se comidos com garfo e faca, tudo bem, mas, se a mesma fatia de rosbife for colocada dentro do pão com a mesma alface e o mesmo tomate vira
sanduíche, e não se pode viver de sanduíche?
Bebida é droga, dizem, mas os médicos -sobretudo os franceses aconselham dois copos de vinho por dia, pois faz bem às coronárias. Há quem diga que açúcar é energia,mas, para alguns, é puro veneno, e fazer
cooper,que há 15 anos era quase obrigatório, agora é desaconselhado. Estou esperando a hora em que vão dizer que cigarro faz bem à saúde.
Fiquei pensando que a menina que acorda ao meio-dia não respira o ar da manhã. E continuo pensando: mas quem disse que o ar da manhã é melhor do que o ar da noite, quando o orvalho umedece as folhas, os jasmins perfumam o ar, a terra tem cheiro e os sapos e grilos fazem sua festa? E há coisa melhor do que deitar na grama, à noite, e ficar olhando as estrelas?Quem dorme às 8h nunca vai saber o que é isso.
A grande maioria das pessoas não foi dada a liberdade de pensar, mas só de seguir o estabelecido. Ficou combinado que espinafre é bom para a saúde?
Então, vamos lá. Ficou combinado que fritura faz mal? Então, peixe só cozido na água e sal, com legumes idem. Ah, mas assim fica difícil.
Passei anos indo à praia às 10h da manhã e ficando até as 3h da tarde -num tempo em que não existia protetor solar. A cada verão, o nariz descascava e a pele caía três, uatro, cinco vezes -e tudo bem.
Agora, sol é veneno -vai entender. OK, as coisas evoluem e é preciso acompanhar as mudanças. Mas é essencial, é fundamental, que cada um escolha a sua maneira pessoal de viver. A vida está passando e talvez você nunca tenha tido a coragem de ter certos prazeres porque nunca ouviu falar que tinha o direito de tê-los e nem que eles existiam.
Você já tomou banho de mar à noite? Eu já, e você não sabe o que é.Tenho um amigo que sempre leva no porta-luvas do carro um calção de banho.Numa noite dessas, ele saía de um jantar elegante às 2h da manhã quando passou pelo Arpoador -uma praia linda do Rio; a noite era de lua e o mar estava transparente. Ele se trocou dentro do carro, entrou no mar, ficou horas nadando no meio dos peixinhos e me contou que foi um momento inesquecível de sua vida.
Que maravilha.
Uma de minhas bisavós era índia -não de pena na cabeça, mas índia e, quando começava a chover, sobretudo quando era aquela chuva grossa, tempestade mesmo, ela largava o que estava fazendo, saía de casa e ficavana rua durante uns dez minutos no bem-bom, só se molhando. Ainda não cheguei a essa perfeição, mas, quando a chuva me pega desprevenida, não corro procurando uma marquise ou um táxi; continuo andando, bem devagar, tendo o prazer de sentir o rosto molhado e os cabelos se encharcando a
ponto de, quando chego em casa, precisar torcer e enrolar numa toalha.
E tem mais: quem faz isso desde pequena não pega gripe. Ah, a vida tem coisas muito boas.


Fonte: Folha de S. Paulo



Beijos enigmáticos,
Madame Cleópatra.





3 comentários:

Madame disse...

Nossa que email legal...é verdade, sempre levamos a vida com regras impostas por pessoas que sequer provaram do contrario.
Deu ate vontade de um mergulho a noite,delicia!

bju

Debor@h disse...

Que texto gostoso... É verdade, quem foi que disse que devemos fazer algo de certa forma e não de outra, devemos escolher o que é bom para nós, independente do que os outros pensam e das regras e normas da vida que nem sabemos ao certo pq seguimos... Amei, mil beijos!

Paulo Braccini disse...

Adoro as crônicas de Danuza ... são inteligentes, criativas, contemporâneas e dizem muito de nosso dia a dia e nossas vivências ...

bjux para Madame Cleo

;-)